Fusca

Fusca

sábado, 19 de fevereiro de 2011

LIMPADOR DE PÁRA-BRISA PANTOGRÁFICO (DJALMA, JOKON)

O limpador de pára-brisa pantográfico surgiu como acessório do Fusca nos anos 50, ainda na era dos modelos split window.

 
Os primeiros modelos pantográficos foram feitos pela empresa alemã JOKON (Johann & Konen GmbH & Co. KG Elektro-Autozubehör-Fabrik), sediada no distrito de Beuel, em Bonn, Alemanha e fundada nos anos 50. A empresa Jokon existe até os dias de hoje.Visite seu web site: http://www.jokon.de/


O sistema pantográfico permite uma maior área de varredura do pára-brisa, com a inclusão no limpador de uma braço adicional. Acima, percebe-se a diferença na área de varredura entre o limpador original do Fusca e o pantográfico.


Acima, o limpador pantográfico da JOKON instalado.

Outro Jokon instalado num Fusca.

Aqui no Brasil o limpador pantográfico foi feito pela DJALMA (Djalma de Oliveira e Filhos Ltda), sediada em São Paulo (SP). A empresa foi fundada nos idos de 1956 pelo Comendador Djalma de Oliveira e foi pioneira no Brasil na fabricação de limpadores de pára-brisas, braços e palhetas. Acima, anúncio da empresa de setembro de 1972.

Acima, anúncio do limpador pantográfico para o Fusca, datado de abril de 1964, que a Djalma denominou de 'VISÃOTOTAL'.
 
Outro anúncio da DJALMA de agosto de 1966.

O DJALMA instalado num besouro dos anos 60.
 
 
O limpador pantográfico da DJALMA em um Fusca 1960.
 
 
O limpador da Djalma era feito em aço inoxidável.

 
Outro Fusca aqui de Curitiba com o DJALMA instalado.

Visão do par DJALMA instalado. Dá maior personalidade ao carrinho.

 
Detalhe do DJALMA. Proporciona também ótimo efeito visual.

 
Mais um fusquinha com o DJALMA instalado. Hoje em dia é difícil encontrar um conjunto completo do limpador pantográfico.

Os limpadores da Djalma tinham o logo da empresa estampado na peça.

Do material que tenho, o anúncio mais antigo da DJALMA que encontrei é datado de janeiro de 1962, onde a empresa anunciava, além dos limpadores e palhetas, fusíveis de vidro e porcelana para automóveis e caminhões.

 Anúncio de dezembro de 1964.

Anúncio de dezembro de 1968.

Enfim, trata-se de um acessório bastante útil e cada vez mais difícil de achar (o Djalma, diga-se), e com um ótimo efeito estético, além de grande utilidade por ampliar a área coberta pelo limpador. A Volkswagen do Brasil chegou, inclusive, a adotar o limpador pantográfico de série no SP2.

O VW SP2 com um dos seus limpadores com sistema pantográfico.

2 comentários:

  1. Realmente funciona bem esse limpador, tenho em 3 fusca o mesmo limpador, e no meu 54 q é o q mais pega estrada funciona muito bem, relamente valeu o investimento, e na minha opinião um acessorio muito bonito.

    Abraço Chrys

    ResponderExcluir
  2. O ANONIMO ONDE CONSIGO ESTE LIMPADOR, POIS TENHO UM FUSCA 68. OBRIGADO. meu contato e robertosilvalima@oi.com.br

    ResponderExcluir