Fusca

Fusca

sábado, 24 de setembro de 2011

LANTERNA TRASEIRA ELECTRIC

 As lanternas do fusca de 1956 até 1961 eram iguais ao do modelo acima. Nesse período, o fusca ainda usava as bananinhas como indicadores de direção. 

Somente a partir do modelo 1962 (lançado no segundo semestre de 1961) o fusca perdeu a bananinhas, ganhou o pisca-pisca sobre o pára-lama dianteiro e novas lanternas traseiras (foto acima).

Entre 56-61 as lanternas do fusca usavam lentes de vidro (da marca Hella ou Hassia ou, se nacional, Arteb-Hella). Nesse interregno de tempo foi lançado um interessante acessório que substituía as lanternas originais do fusca. 

Essas lanternas eram feitas pela empresa alemã Electric e já adiantavam o formato e funcionalidade das lanternas que somente seriam incorporadas ao fusca em 1962.

A lanterna da Electric, em sua parte superior (na cor âmbar) possuia um formato assemelhado a um espiral, diferente do design que a Volkswagen viria a adotar mais tarde.

Com as lanternas da Electric, o indicador de direção deixava a bananinha e passava para a lanterna, que piscava, em sua parte superior, quando a chave de seta era acionada, mediante a instalação de um relê.

 O mais interessante da lanternas da Electric é que a carcaça não era de metal (fusca alemão) ou antimônio (fusca nacional) e, tampouco, pintadas na cor do veículo. As carcaças da Electric eram feitas de um material acrílico acinzentado, com diversos vincos.

As lentes, de acrílico, identificavam a marca "Electric" escrita em letra cursiva.

Acima, folder de instalação da Electric, instalada em conjunto com um pisca-pisca dianteiro. 

 Continuação do folder da Electric.

O pisca-pisca dianteiro não era feito pela Electric. Havia diversas opções no mercado, como os piscas feitos pela Hella, Gabel e Jokon. A bananinha era desativada ou retirada. Nesse caso, era colocado um tampão no local da bananinha.

Acima, a lanterna da Electric instalada num fusca 1959, que foi de Sir John Moxon, um dos grandes conhecedores dos compressores Judson do mundo. A lanterna da Electric, por sua peculiar carcaça de acrílico, destacava o conjunto traseiro do fusca. Trata-se de um acessório bastante raro e interessante, principalmente por antecipar uma opção que viria a ser adotada pela própria VW.

6 comentários:

  1. Você saberia o porque de alguns fuscas 62 tem lanternas traseiras iguais do 61?

    ResponderExcluir
  2. fusca 62 com lanternas do 61? só se o modelo tiver sido faturado em 62 apenas. Naquela época o ano do carro era determinado pelo mês de faturamento. Mas mesmo assim, o carro deveria ter banananinha e sem piscas no para-lama dianteiro.
    As lanternas traseiras do fusca até 61 não piscavam! ôpa

    ResponderExcluir
  3. Agnaldo (O Sorveteiro)29 de setembro de 2011 09:54

    Amigão, essa semana consegui comprar um par dessas LANTERNAS ELETRIC praticamente novas, por um preço razoável...... assim que chegar posso te enviar fotos ok.

    ResponderExcluir
  4. Show!!! sem dúvida essas lanternas são bem melhores que as bananinhas.

    ResponderExcluir
  5. José Bevilácqua15 de junho de 2016 15:05

    Opasgaragem, estes volks das duas fotos são seus? sempre via eles nos encotros e depois sumiram!!! você os está restaurando?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi, o primeiro está sendo restaurado; o segundo é de um amigo meu que sumiu dos encontros, mas o Fusca ainda está com ele.

      Excluir