Fusca

Fusca

sábado, 5 de novembro de 2011

MARCADOR DE COMBUSTÍVEL - VDO

A empresa VDO (http://www.vdo.com.br/) foi fundada por Adolf Schindling no final da década de 1920, na cidade de Frankfurt, Alemanha. A VDO surgiu da incorporação de duas empresas: a DEUTA (Deutsche Tachometerwerke GmbH) e a OTA (OTA Apparate GmbH). Em alemão, a palavra que se expressa essa união é "Vereinigte" ("unidos"). Portanto, da união (Vereignigte) de DEUTA e OTA surgiu a empresa VDO.

A empresa fez e continua fazendo velocímetros e painel de instrumentos para veículos de passageiros e veículos comerciais. A VDO é reconhecida mundialmente pela qualidade de seus produtos. Por isso, Foi e continua sendo fornecedora oficial de auto peças tanto para Volkswagen da Alemanha quanto para a Volks do Brasil (além, óbvio de outras montadoras). A VDO inaugurou sede própria no Brasil em 1959, logo nos primeiros anos de implantação da indústria automobilística nacional.

Em 1991 a VDO foi comprada pelo grupo alemão Mannesmann. Posteriormente, em 2000, foi novamente vendida, desta feita para a Siemens AG Automotive. Da união dessas empresas surgiu o nome Siemens-VDO. Em 2007, a Siemens-VDO foi comprada pela Continental AG pela bagatela de 15,6 bilhões de dólares, fato que fez dobrar o tamanho do grupo Continental, que passou a ser um dos cinco maiores fornecedores de auto peças do mundo. A Continental manteve o nome VDO nos produtos (o nome Siemens-VDO foi substituído pelo nome VDO). 

Para o fusca especificamente a VDO forneceu velocímetros - ver tópico http:http://opasgarage.blogspot.com/search/label/VELOC%C3%8DMETRO - e marcadores de combustível. Na linha de acessórios, fabricou amperímetros, medidores de pressão e temperatura do óleo do motor, relógios, conta-giros e outros instrumentos de precisão.

Como os leitores deste blog sabem, o fusca não possuia marcador de combustível até a 1a. série de 1961. Nesse período, o medidor de combustível era oferecido apenas como acessório e não como um equipamento original de fábrica. Desde a era dos split, a VDO disponibilizava o marcador de combustível para o fusca, com fundo marron, para combinar com o velocímetro (leer = vazio; voll = cheio; tank = tanque).

Nos fuscas split, havia certa dificuldade em instalar o marcador de combustível, tendo em vista o pouco espaço disponível no painel para a inserção de um novo instrumento.

Por isso, tanto a VDO  quanto a empresa MOTOMETER desenvolveram um suporte para colocação do marcador de combustível (ou outro instrumento) que era fixado na coluna de direção do fusca (na foto acima, um suporte da Motometer). Essa peça era feita de baquelite e permitia a colocação de "relógios" de 52mm de diâmetro. A desvantagem desse suporte é que a fiação fica aparente, olhando-se lateralmente para o painel.

Acima, folder da VDO com o suporte com marcador de combustível para ser instalado na coluna de direção do fusca. Eram mais comuns serem usados nos fuscas split (por necessidade) e oval (por escolha).

Outra opção para colocação do marcador de combustível nos fuscas split era utilizar a tampa do porta-luvas. O fusca split possuia dois porta-luvas: um localizado na frente do motorista e outro na frente do passageiro; todavia, o fusca não saia de fábrica com as tampas; elas eram acessórios de época, utilizadas pelos motoristas para proporcionar maior privacidade e segurança em relação às cousas guardadas no porta-luvas (documentos, manual, kit de primeiros socorros, kit de lâmpadas, etc.) 

Com a mudança do painel do fusca ocorrida a partir do lançamento do zwitter, em outubro de 1952, surgiram maiores possibilidades de instalação de relógios adicionais, pois havia mais espaço no painel para tanto.

No fusca oval, portanto, era mais comum instalar o marcador de combustível da VDO no próprio painel do fusca. Também nesse período - caprichosa a VDO na fabricação de seus produtos - o fundo do marcador de combustível combinava com o grafismo do velocímetro do fusca.

Se o proprietário do fusca não quisesse furar o painel, a VDO disponibilizava, ainda, um pequeno cockpit que podia ser fixado embaixo do painel. Esse suporte permitia a colocação de um instrumento adicional (medidor de temperatura de óleo, por exemplo).

 Outra bela combinação oferecida pela VDO: relógio ao lado do velocímetro e o marcador de combustível e de temperatura do óleo individualmente instalados embaixo do painel. Anúncio é de 1955. 

Especificamente para o fusca oval, a VDO também disponibilizava um painel, do tipo rally, para ser instalado em substituição à grade original, tal qual o modelo oferecido pela Motometer - para maiores detalhes acesse o link http://opasgarage.blogspot.com/search/label/MOTOMETER - . O painel da VDO, todavia, possuia os 3 relógios com a mesma medida (52mm) enquanto no painel da Motometer o relógio central possuia 60mm (ladeado por outros 2 instrumentos de 52mm). 

 Em agosto de 1957 o fusca mudou novamente seu painel.

 Porém, o fusca continuava sem marcador de combustível.

 A VDO continuou oferecendo o marcador como acessório, porém com design diferenciado dos anteriores, semelhante ao modelo que a própria Volkswagen viria a adotar a partir de 1961.

 Esses marcadores de combustível eram acessórios que podiam ser instalados nas concessionárias.

O marcador da VDO (fuscas 1957-1961) já vinha com a grade para ser instalado no painel. Essa grade precisava ser pintada na cor da carroceria do fusca. 

 O marcador da VDO marcava a Reserva (Res.), metade (2/4) e tanque cheio (4/4).

 Folder de instalação do marcador da VDO.

 Verso do folder da VDO. Observe o tanque antigo do fusca, utilizado de 1956 a 1963.

 Algo curioso no painel dos fuscas 1957-1961 é que, apesar da grade cega no painel ...

 ... o fusca já possuia o painel estampado com o furo para colocação de algum acessório.

 Outro modelo oferecido pela VDO para os fuscas 57-61 conjugava marcador de combustível e medidor da temperatura do óleo.

 Era instalado no painel, entre os botões do limpador de pára-brisa e do farol.

O marcador era da cor marfim, para combinar com os botões do fusca. Igualmente, o fundo combinava com o grafismo do velocímetro. 

Acima, folder da VDO com o marcador de combustível. Observe que na gradinha do lado direito encontra-se instalado um relógio de horas.

Quer descobrir outras opões oferecidas à època? Acesse:

Marcador da BECK:
http://opasgarage.blogspot.com/search/label/MARCADOR%20DE%20COMBUST%C3%8DVEL%20-%20BECK

Régua:

Um comentário:

  1. Parabéns pelo blog, é muito interessante e bem feito.
    Caso possa me ajudar...: o meu Fusca 1967 (1a. série) foi convertido de 6V para 12V em algum momento da sua "vida", mas o marcador de combustível permaneceu o mesmo VDO elétrico. Atualmente utilizo um marcador mecânico de baixa qualidade, mas guardo o VDO elétrico original.
    Pergunta: é possível utilizar corretamente e com segurança o marcador elétrico originalmente de 6V no sistema elétrico de 12V.

    Cordiais saudações,

    ResponderExcluir