Fusca

Fusca

quinta-feira, 15 de março de 2012

T R I M O L

   
Anúncio de setembro de 1962.

A empresa Indústria e Comércio de Peças e Acessórios para Automóvel TRIMOL Ltda., com sede à Rua Peixoto Gomide, 1748, São Paulo, fabricou diversos acessórios para o fusca. No início dos anos 60 seu principal produto era o lavador automático de pára-brisa. 


O Fusca até a primeira série de 1959 não possuía o lavador de pára-brisa de série. A partir da segunda série de 1959 e até o ano de 1962 (mais precisamente até o chassi B-2090447) o besouro vinha equipado de fábrica com o famoso "saco de bode" ou "mamadeira", que nada mais era a "garrafinha" instalada sob o painel que era acionada manualmente pelo motorista. A água ficava dentro da mamadeira, sendo conduzida por uma mangueira até o brucutu e, a partir daí ... chua! .... direto para o pára-brisa. O lavador é especialmente útil quando começa a chover e a poeira acumulada no pára-brisa dificulta o trabalho dos limpadores ou em regiões com muita neblina. O sistema manual foi substituído pelo pneumático apenas em 1963. A partir desse ano, o lavador utilizava a pressão de ar do estepe para ejetar a água no pára-brisa, bastando, para tanto, apertar um botão no painel e o pára-brisas era imediatamente borrifado com água. Em 1963 o reservatório era instalado sob o pneu sobressalente do fusca localizado dentro do porta-malas. A partir do modelo 64, o reservatório de água passou a ser instalado atrás do estepe.

Anúncio da TRIMOL de dezembro de 1965.

Detalhes de funcionamento do lavador de pára-brisas elétrico lançado pela TRIMOL. Modelo LET (Lavador Elétrico de Pára-Brisa). A capacidade do reservatório era cerca de um litro e meio de água. O jato era acionado por um botão que era instalado no painel do veículo. Era uma opção mais eficiente que os lavadores originais usados pelo fusca. A TRIMOL fabricou modelos específicos para serem utilizados no Fusca e no Karmann-Ghia.

Talvez o mais conhecido acessório feito pela TRIMOL foi o Anti-Ofuscante de acrílico, instalado sobre o espelho retrovisor interno do fusca. Prometia reduzir em 85% os raios luminosos que incidissem no local e que dificultavam a visão do motorista. Havia outro modelo, instalado em conjunto (ou isoladamente, a depender do gosto do proprietário do veículo) com o pára-sol original do fusca. Esse "segundo" pára-sol também era feito de acrílico.

Acima, o visor anti-ofuscante feito pela TRIMOL. O modelo acima era instalado junto com o quebra-sol original.

O objetivo era melhorar a visão do motorista. Tanto o anti-ofuscante do espelho retrovisor quando do pára-sol funcionavam como uma espécie de óculos ray-ban. Por isso, o acessório também é conhecido como "rayban do espelho".

Detalhe da embalagem da TRIMOL que acondicionava o anti-ofuscante do quebra-sol.

A embalagem denuncia que o produto era do "tipo especial para Volkswagen", ou seja, amoldava-se perfeitamente ao formato original do pára-sol do fusca. O acessório da TRIMOL era simplesmente encaixado no pára-sol, movimentando-se, para cima ou para baixo, por meio de pequenas dobradiças.

Havia diversas cores disponíveis, dentre as quais o verde, azul e fumê.

O anti-ofuscante do espelho retrovisor interno apenas encaixava-se na base do espelho. Perceba o nome TRIMOL insculpido na peça.

O anti-ofuscante podia ser levantado ou baixado, a depender da necessidade. À noite ou em dias soturnos, deixe-o levantado. Em dias de muito sol, principalmente no início da manhã ou no final da tarde, baixe o acrílico. Pronto! Seus olhos agradecem. Todavia, também era útil à noite, minimizando o desconforto da incidência direta do facho dos faróis de outros veículos.

O acessório é muito antigo, utilizado desde os anos 50, tanto no Brasil quando no exterior. É uma peça charmosíssima!

A TRIMOL fabricou também capas para o volante do Fusca.

Embalagem com a identificação de uso das capas: VOLKS. Servia em qualquer volante da linha VW da época.

A TRIMOL chamava seu produto de "Super Capa de Volante". Dava um toque esportivo ao carro e melhorava a empunhadura, principalmente se o motorista suasse muito nas mãos. Além disso, a capa conservava o volante, mantendo-o sempre bonito e sem desgastes.

A capa de volante fabricada pela TRIMOL era do tipo com presilhas.

 Na capa de volante também aparece, na parte interna, o logo da empresa (TRIMOL).

Capa preta da TRIMOL instalada num fusca 1971.

A TRIMOL oferecia outras cores de capas ....

... como o vermelho ...

e o marrom.

Trimol. Neste post, três acessórios trilegais.
Agradecimento especial ao Maicon, de São Bento, pelas fotos gentilmente remetidas.

5 comentários:

  1. Tópico fantástico!

    Continue^^

    ONE

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigado, estou sem muito tempo esse ano. abraços

      Excluir
  2. O mais útil desses sem dúvida é o lavador elétrico de para brisa, pois o sistema original dos Fuscas sempre foram um lixo.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. alguém saberia onde encontrar essas capas ou alguma parecida? no meu caso a cor marrom seria a ideal!

    ResponderExcluir