Fusca

Fusca

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

TETO DE VINIL

Aqui no Brasil, nos anos 60 e 70, era comum os carros mais luxosos possuírem revestimento de vinil no teto, quer como item opcional - a pedido do cliente -, quer como item de série do próprio modelo.

Ford Galaxie.

Versões mais luxuosas do Simca, Aero Willys, Galaxie, Landau, Maverick e Opala utilizaram o teto de vinil.

Até mesmo a versão de luxo da Veraneio ... 

... e o esportivo Dodge Charger saíram de fábrica com o teto de vinil. Na época, o teto de vinil era sinônimo de sofisticação e luxo.
 
Foto de 1967.
 
É lógico que o fusca não podia ficar de fora dessa moda. Alguns proprietários, mais ousados, visando personalizar o carro, mandavam colocar o teto de vinil no fusca!
 
Foto de 1964.
 
 Pelas poucas fotos disponíveis, percebe-se que o vinil era colocado, verticalmente, entre as calhas do teto e, na horizontal, entre o pára-brisa e o início do capuz do motor, cobrindo todo o vidro traseiro. Uma das empresas que oferecia esse serviços na época era a paulistana OCCHIALINI AUTO CAPAS.
 
Anúncio da Occhialini de fevereiro de 1970.

Um comentário:

  1. Então essa moda era bem rara, pois até hoje não vi um Fusca sequer com esse acessório de época, só um aqui perto de casa que ousou a fazer isso num Fusca e ficou feio pra ca#alho, pois isso tem tanto a ver como Sepultura se apresentando no Teatro Municipal, mas enfim... na época achavam bonito.

    ResponderExcluir