Fusca

Fusca

quarta-feira, 22 de abril de 2015

BUJÃO DO ESCOAMENTO DO ÓLEO DO MOTOR

 Os motores 1200 do Fusca, fabricados até julho de 1959, motor nº 3.072.319, possuíam o bujão de escoamento do óleo no próprio bloco do motor. A partir do motor nº 3.072.320, o bujão de escoamento passou a ser localizado na própria tampa do cárter, assim permanecendo até o final da produção do Fusca.

Na imagem acima, percebe-se a localização do bujão, ao lado da tampa do cárter.

 Detalhe do local da rosca, no próprio bloco do motor. 

Com isso, a tampa do cárter para os Fuscas até julho de 1959 era totalmente lisa, ou seja, não possuía o furo central do bujão.

O bujão original era magnético e possuía o logo VW na cabeça.

Por ser cônico, não necessita de anel de vedação. A VW mudou a forma de escoamento para evitar que danos à rosca pudessem implicar na troca do próprio bloco do motor. Além disso, o novo sistema adotado a partir de julho de 1959 facilitou a manutenção do motor (troca de óleo e da peneirinha). Outra dica importante: o bujão do motor é o mesmo utilizado na caixa de câmbio e na caixa de direção originais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário