Fusca

Fusca

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

GRADE DE PROTEÇÃO DO FAROL

O protetor de farol era um acessório essencial nas pistas de rallye.

O protetor ou grade do farol era um acessório obrigatório nos Fuscas que participavam de competições de rallye nos anos 50 e 60. Tinha por finalidade evitar que as lentes do farol, feitas de vidro, sofressem danos em razão de batidas de pedras. 

 Anúncio do protetor de farol feito pela INFAL.

Fusca com protetor de farol.

O acessório, nascido para as competições, passou a ser usado no dia-a-dia, quer para exercer sua função primordial de proteger o farol contra o avanço indesejável de pedras, principalmente para quem rodasse com o veículo em estradas de chão, quer para dar um toque de distinção e esportividade ao veículo. 

Grade de proteção do farol ainda na embalagem original.

Diversas empresas fabricaram o acessório, podendo ser citadas a INFAL (Indústria Nacional de Frisos para Autos Ltda, a VIMECA Ind. e Com de Estamparia para Auto Peças Ltda e a BANEFRA Equipamentos Automobilísticos Ltda.,

Protetor "Mills" em anúncio dos anos 60.

Anúncio da BANEFRA de dezembro de 1965.

Na época haviam diversos modelos do protetor de farol, a maioria feita de ferro cromado ou de aço inox, com maior ou menor quantidade de trama metálica e, também, com diferentes modos de fixação do protetor, porém, a maioria era encaixada na parte interna do aro original do farol e fixada no próprio parafuso do aro.

 Fusca 1972 com protetor de farol.

O protetor de farol, além de proteger, embeleza o besouro.

Detalhe do protetor de farol.

Até na Kombi se usava o protetor.

Fusca 1978 com o protetor de farol.

Apesar de menos comum, recentemente deparei-me com um Fusca 1978 com o protetor de farol. Digo isso, porque o uso desse gradil foi mais comum nos Fuscas com farol olho de boi. Até 1972, portanto.

Detalhe do protetor próprio para o farol "em pé".

 Anúncio de 1955.

Na Europa, algumas indústrias de acessórios inovaram e fabricaram protetores de farol em material plástico. Dos dois modelos conhecidos, um era fixado para um sistema de lingueta (superior) e presilha (inferior); o outro, simplesmente fixado no vidro do farol por meio de ventosas.

Protetor de farol em material plástico, fixado por ventosas.

Fusca do dinamarquês Peter Blade Nielsen, aficcionado em acessórios de época., com o protetor plástico instalado no farol. Visite o ótimo blog de Peter, acesse www.vw-bluehats.blogspot.com.

2 comentários:

  1. Esse protetor de farol para faróis modernos deve ser recente.

    ResponderExcluir
  2. Muito doidos, esses acessórios!
    Esse último, de ventosa, então, parece lente de contato.

    ResponderExcluir