Fusca

Fusca

terça-feira, 14 de junho de 2016

PINO DA DOBRADIÇA DA PORTA

Pino da dobradiça de porta até setembro de 1968.

Um dos detalhes da originalidade do Fusca que deve ser observado ao se comprar um besouro, é o pino das dobradiças das portas. 

Pino usado até 1968.

Até o mês de setembro de 1968 esse pino possui uma cabeça incorporada à própria peça. É a cabeça do pino que faz o acabamento externo na dobradiça. Esse pino tinha a cabeça mais reta nos Fuscas dos anos 50 e mais abaulada nos anos 60.
 
A VW recomendava a lubrificação periódica das dobradiças das portas, por ocasião de cada serviço de lubrificação ou, preferencialmente, uma vez por semana. A lubrificação era feita com a porta aberta e o óleo introduzido por meio de um pequeno rasgo na dobradiça.
  
Detalhe do rasgo na dobradiça utilizado para lubrificação.
 
A partir de junho de 1967, chassi nº B7-350.735, foi introduzido nas dobradiças uma arruela de pressão entre as suas duas metades objetivando obter um movimento uniforme ao se abrir ou fechar a porta do Fusca. Essa arruela de pressão receber o nº 311.831.443.

Pino da dobradiça de porta com tampa de vedação.

A partir de outubro de 1968 foram modificados os pinos das dobradiças das portas, sendo eliminada a cabeça e introduzido sulcos para obter-se melhor lubrificação. A partir de então, os pinos passaram a ser cobertos por uma tampa plástica de vedação. A partir de então, por ocasião dos serviços de lubrificação, as tampas de vedação devem ser removidas, possibilitando a lubrificação das dobradiças das portas. Com isso, as dobradiças perderam aquele pequeno rasgo que era utilizado para esse serviço.

Pinos das dobradiças de porta usados a partir de outubro de 1968. 

 Dobradiça da porta pós outubro de 1968 sem a tampinha de cobertura. Esse pinos são menores no comprimento que os até então utilizados.

Tampa de cobertura original.

Por ocasião dos serviços de lubrificação, as coifas de vedação devem ser removidas, possibilitando a lubrificação das dobradiças das portas. Os novos pinos receberam o número de peça 111.831.421.E e podem ser instalados em Fuscas mais antigos, porém, estes perderão no quesito originalidade.

FERRAMENTAS DE EXTRAÇÃO

Matra-Werke GmbH, de Frankfurt, Alemanha. Matra W 80.1

Com o passar do tempo, em razão do uso contínuo das portas, é comum que as portas fiquem com folgas oriundas do desgaste natural do pino da porta. Nesses casos, faz-se necessário trocar os pinos, normalmente usando um pino com sobre medida, uma vez que, via de regra, ocorre desgaste na própria dobradiça da porta.

Extrator pneumático.

Para executar o serviço de troca do pino, havia ferramentas apropriadas para a tarefa. Nas concessionárias autorizadas VW utilizava-se a ferramenta de código W 80.1. Na Alemanha, as ferramentas das oficinas VW eram feitas pela empresa MATRA, sediada em Frankfurt.

ACESSÓRIOS

As dobradiças das portas do Fusca são, sim, lugar para acessórios. O mais comum era o espelho do tipo "pino de porta", instalado da dobradiça superior esquerda da porta do besouro. Lembremos que até 1968 o Fusca saia de fábrica sem o espelho retrovisor externo. Para suprir essa carência era comum a instalação do espelho na dobradiça, havendo necessidade de se extrair o pino original e substituí-lo pelo pino que acompanhava o retrovisor.

Ainda nos anos 60  foi desenvolvido calços ou batentes de borracha que visavam minimizar a vibração das portas, ocasionada, principalmente, pelo desgaste dos pinos das portas. Instalados próximos às dobradiças de porta, exerciam maior pressão entre a coluna e a porta diminuindo a vibração das portas quando do Fusca em movimento, principalmente em estradas irregulares. Esses calços foram fabricados em diversos países, inclusive no Brasil, citando-se as marcas Phoenix, Perohaus, Ermax, PCA e RGA.

Outro apetrecho interessante foi a moldura da dobradiça externa. Como o local normalmente não tem boa aparência, dada à necessidade de lubrificação, havia uma moldura feita em aço inoxidável que era encaixada no local, dando-lhe um melhor aspecto.

Espelho do tipo "pino de porta".

O espelho retrovisor já vinha acompanhado do pino da porta.

Moldura para dobradiça de porta.

Borracha antivibratória.

Era um acessório comum na época.

Borracha instalada nos parafusos internos da coluna de porta.

 Acessórios para dobradiças de porta da marca NORMFEST (Alemanha) e P.C.A (Holanda).

 Batentes para dobradiças da alemã NORMFEST.

Panfleto de instruções para instalação batentes NORMFEST no Fusca 1200.

5 comentários:

  1. Super interessante e instrutivo. Seu blog é muito bacana. Ta de parabéns. Gostaria de fazer um pedido: Falar sobre forrações internas e sobre os eixos e afins ao longo dos anos. Obrigado. Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Mas onde se acha essa ferramenta de extração dos pinos das dobradiças das portas aqui no Brasil???

    ResponderExcluir
  3. eu presizo de dois jogo de dorbadiça do fuca 1972 colpelta

    ResponderExcluir