Fusca

Fusca

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

BAGAGEIRO TRASEIRO


Uma das maneiras de aumentar a capacidade de carga do Fusca é instalar um bagageiro no teto do besouro. Mas e se o Fusca for conversível (cabriolet) ? Ou, ainda, com teto solar de lona (ragtop) ? A solução pode advir com a instalação de um bagageiro sobre a tampa do motor.

Bagageiro traseiro em um Fusca.

Disponível em quase todos os lugares do mundo, o bagageiro traseiro, a despeito de ser direcionado para os Fuscas conversíveis e com teto solar, acabou sendo usado também no Sedan normal, a gosto e conveniência do proprietário. 

Anúncio de junho de 1955 (Dinamarca).

Os bagageiros traseiros foram usados no Fusca desde o início da década de 1950, nos mais diversos países, incluindo Alemanha, Dinamarca, Áustria, Bélgica, Austrália e EUA.

Anúncio de maio de 1956.

Apesar da diversidade de modelos e fabricantes, a maioria dos bagageiros tinham um ponto em comum: eram feitos em estrutura metálica e fixados no suporte do pára-choque em sua parte inferior. O corpo superior do bagageiro podia ser fixado, a depender do modelo, nas aletas de ventilação do capô do motor, nas grades de ventilação abaixo dos vidros, nas canaletas do teto, ou ainda, apenas repousando em algum ponto da carroceria por meio de borrachas de proteção.

 Anúncio de julho de 1956.

Apesar do ganho de espaço para a bagagem, o bagageiro traseiro, na maioria dos modelos disponíveis na época, tinha o inconveniente de precisar ser retirado para permitir a abertura da tampa do motor; apenas alguns poucos podiam ser dobrados para permitir a total abertura do capô traseiro.

 Anúncio de setembro de 1957.


Para perfeita proteção e acomodação das bagagens extras no bagageiro traseiro, fazia-se necessário prendê-las com uma cinta ou corda elástica, além de cobri-las uma capa para proteção contra as intempéries, principalmente em viagens longas.

Catálogo de acessórios de meados dos anos de 1950 (EUA).


Uma das vantagens do bagageiro traseiro era evitar o arrasto do veículo por conta do vento tal como ocorria com o bagageiro de teto, melhorando o coeficiente aerodinâmico do Fusquinha e, consequentemente, economizando um pouco de combustível.

Bagageiro instalado em um Fusca split.

Modelo da bagageiro com pé de apoio duplo, permitindo que todo o equipamento seja fixado, unicamente, na suporte do pára-choque.

Detalhe de fixação do bagageiro no suporte do para-choque.

Os modelos de bagageiros eram os mais diversos possíveis.

O uso do suporte do pára-choque para fixar o bagageiro era ponto comum entre os inúmeros modelos.

Bagageiro de lona. Aqui, fez-se necessário a colocação de uma placa de licença adicional, pois esse modelo de bagageiro cobre a placa fixada na tampa do motor.

Alguns bagageiros possuíam um estrado de madeira para melhor acomodar os pertences.

Bagageiro traseiro fixado em um Fusca nacional da década de 70.

Bagageiro Jim-Dandy (EUA).

Nos EUA, em particular, a empresa Spence Associates Inc. do estado do Arizona, lançou em meados dos anos de 1950 um bagageiro traseiro instalado sobre a calha de teto traseira do Fusca, com capacidade de aproximadamente 55 quilos de carga. Sua base ficava quase em linha vertical ao teto e não prejudicava a visão do motorista pelo vidro de trás. Por causa desse característica, a empresa propagandeava que seu bagageiro servia também como um quebra-sol, ao evitar a entrada excessiva dos raios solares pelo vigia.

Anúncio da Jim-Dandy dos idos de 1960.

Além disso, o bagageiro Jim-Dandy, apesar de ser instalado em posição mais elevada que os bagageiros de tampa do motor, permitia a colocação e retirada de bagagem sem a necessidade de uma escadinha ou outro apoio para os pés, tal como ocorre normalmente com os bagageiros de teto. Também era possível a abertura da tampa do motor sem o incômodo de se retirar o porta bagagens. 

Bagageiro Jim-Dandy instalado no Fusca.

2 comentários:

  1. Nunca tinha visto esse jim-Dandy.
    Gostei do estilo

    ResponderExcluir
  2. Esse bagageiro Jim-Dandy parece aquelas "paradas" que aqueles coletores de reciclagem usam nos seus carros.

    ResponderExcluir