Fusca

Fusca

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

GATO STOP-SOM

Há mais afinidades entre o gato e o Fusca do que se possa imaginar.

Para afastar a ação dos "gatunos" (ladrão, larápio), diversos dispositivos de segurança equiparam o Fusca, citando-se a trava de câmbio (clique aqui para ver mais), a trava da ventarola ou pega ladrão (clique aqui para saber mais) e a trava da direção (clique aqui para mais detalhes).

A "cara de gato", por sua vez, além de proteger, embelezava o emblema do capô.

Já o "olho de gato" ajudava a integridade física do besouro, ao refletir qualquer luz que sobre ele incidisse. O olho de gato avisa "Olha, estou aqui, preste atenção, tenha cuidado comigo!"

 O refletor foi usado também em alguns modelos de painéis de porta fabricados pelas Capas Copacabana especialmente para o Fusca. A Norfol fabricou inúmeros modelos de olho de gato para os mais variados usos.

Se o Fusca fosse equipado com faróis auxiliares da Carello, novamente o gato mostrava suas garras.
 
O gato era o símbolo da empresa.

Anúncio de março de 1964.

Outro acessório de época bastante curioso era  um gato de pelúcia feito para ser instalado na janela traseira do Fusca. Nos olhos do bichano foram instaladas lâmpadas removíveis que se acendiam quando o motorista freasse o automóvel. Tinha, ainda, um alto-falante de 6” (ou seria um "gato falante"?), com chave reversora, para separar ou conjugar o som do alto-falante do painel. Confeccionado em tamanho natural, era disponível nas cores preto e havana. Foi  fabricado pela empresa brasileira Cincinnati Ind. de Rádios e Adornos Ltda, de São Paulo (SP).

2 comentários:

  1. Legal esses acessórios !
    O tanto de acessório e penduricalhos pro carro denota que ele era um membro importante da familia, tratado sempre com carinho e "mimado"... rssss

    ResponderExcluir
  2. Hoje isso é considerado um acessório de carro de tiazona.

    ResponderExcluir