Fusca

Fusca

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

SEMÁFORO

  
As cores do semáforo (ou sinaleiro, a depender da região) são universalmente compreensíveis e ditam as regras para uma convivência civilizada e segura no trânsito. Normalmente utilizado em esquinas mais movimentadas, o vermelho é ordem de parada; o verde: siga; o amarelo: preste atenção, reduza a velocidade.
 
Conjunto-alerta fabricado pela Bianco & Savino.

Baseado nesse conceito, a indústria de acessórios automotivos desenvolveu no início de 1960, um pequeno apetrecho eletrônico com formato de semáforo que  tinha por função alertar  quem vinha atrás sobre algumas ações praticadas no veículo da frente, tais como aceleração,  desaceleração e frenagem, tornando mais previsível, e, portanto, mais seguro, o comportamento do motorista no trânsito. 

 
O equipamento tinha três cores diferentes, cada qual indicando uma ação. O vermelho indica que o freio foi acionado; o amarelo alerta que o motorista deixar de acelerar o veículo, ou seja, tirou o pé do  acelerador, sem, contudo, acionar o pedal de freio; o verde avisa que o veículo está sendo acelerado.
 
Instruções de instalação.
 
Para seu perfeito funcionamento, faz-se necessário uma série de procedimentos para a correta instalação do equipamento, que perpassa pelo pedal do acelerador e o cilindro-mestre de freio.
 
 Equipamento produzido pela americana BARTON MFG CO de Chicago.
 
O conjunto de alertas nasceu nos EUA, tendo sido fabricado pela BARTON e STADCO. No Brasil, sua produção coube à BIANCO & SAVINO.
 
Modelo "Life-Saver" feito pela empresa estadunidense STADCO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário