Fusca

Fusca

terça-feira, 23 de outubro de 2018

EVOLUÇÃO DO DESCANÇA-BRAÇO

Porta esquerda SEM descança-braço (1950-1977).

O descança-braço, também chamado de apoio de braço, ou ainda, de puxador da porta, era um equipamento fixado na forração interna da porta do Fusca, que tinha dupla função: a) como o próprio nome sugere - permitir o repouso do antebraço no local, visando propiciar maior conforto ao ocupante do veículo; e b) facilitar a abertura e fechamento da porta em complemento ao uso da maçaneta interna.

Importante frisar que até 1977 o Fusca saia de fábrica sem o descança-braço no lado esquerdo; era, até então, uma exclusividade da porta direita do besouro. 

Como os leitores do blog já sabem, quando abordamos o tema "evolução", levamos em consideração sempre as modificações ocorridas entre 1950 a 1959 (Fusca alemão) e de 1959 a 1996 (Fusca nacional). 

1950-1952.

De 1950 até 1º de outubro de 1952, o descança-braço da porta direita do Fusca era instalado levemente inclinado,  com uma cavidade interna que servia de "pega" para puxar a porta.

Estrutura metálica do descança-braço de 1950-1952.

Esse descança-braço possuía uma estrutura metálica interna, composta de duas partes, recoberta com o mesmo tecido da forração da porta, sendo que, na junção das chapas, um debrum (galão) fazia o acabamento na costura.

1952-1955.

A partir de  até 1º de outubro de 1952, com o lançamento do Zwitter, o descança-braço da porta direita do Fusca continuou levemente inclinado, porém, perdeu a cava que facilitava o fechamento da porta, passando a ser maciço. 

Estrutura metálica do descança-braço de 1952-1955.

O descança-braço desse período também possuía uma estrutura metálica interna, composta de duas partes, recoberta com o mesmo tecido da forração da porta, sendo que, na junção das chapas, um debrum (galão) fazia o acabamento na costura. Esse modelo foi utilizado até agosto de 1955.

1956-1959.

Com o lançamento do modelo 1956, ocorrido em agosto de 1955, o descança-braço passou a se posicionar horizontalmente e, apesar de continuar maciço, importantes modificações foram introduzidas naquele ano.

1956-1959.

A base inferior continuou metálica, porém pintada em preto; a parte superior passou a ser preenchida com um material espumado, revestido com o mesmo courvin utilizado nas extremidades da forração de porta. Além disso, a VW adicionou um friso de alumínio no centro do apoio de braço, propiciando um acabamento mais refinado. Esse modelo de descança-braço foi utilizado até julho de 1959.

1959-1961.

A partir do lançamento do Fusca modelo 1960, ocorrido em agosto de 1959, o apoio de braço deixou de ser maciço e ganhou, novamente, a cava para facilitar o manuseio da porta direita. Com a alma em material espumado, era revestido em plástico gomado e continuou com o friso central. Esse modelo perdurou até março de 1961.


1961-1962.

A partir de abril de 1961, o descança-braço voltou a ser maciço, semelhante ao modelo utilizado entre 1956 a 1959, com a diferença de que a base metálica era pintada em cor clara e a espuma superior revestida em courvin.

1963-1972.

Com o lançamento do modelo 1963, ocorrido em dezembro de 1962, o Fusca voltou a ter o apoio de braço vazado, semelhante ao formato de um telefone, com friso central. Esse modelo perdurou até 1972. 

O descança-braço original tinha o logo VW gravado na peça.

1973-1975.

O modelo 1973 trouxe inovação quanto ao apoio de braço. Redesenhado, perdeu o friso e ficou mais robusto.

1976-1982.

A partir do modelo 1976 o Fusca estreia novo apoio de braço: ligeiramente mais comprido, passou a ser recoberto com material plástico.

1977: descança-braço em ambas as portas.

Em 1977, a novidade foi a adição de um apoio de braço também na porta esquerda, no lado do motorista. 

1983-1986.

No modelo 1983, o apoio de braço foi novamente redesenhado, além de novo formato e nova forma de fixação, passou a ser feito totalmente de plástico. De 1983 a 1986, na cor preta; de 1993-1996, cor cinza.


1993-1996.

Nenhum comentário:

Postar um comentário