Fusca

Fusca

terça-feira, 8 de outubro de 2019

KACO

Luz de emergência da Kaco: providencial em lugares escuros.

Kaco é uma empresa alemã fabricante de juntas para motores, retentores e demais vedações para a indústria automobilística germânica. Foi fundada em 1914 por Gustav Bach (1880-1929), Albert Hirth e Gustav Klein. Tinha sede na cidade de Heilbronn, Alemanha.

Pode ser fixado em diversos pontos da carroceria.

Kaco é acrônimo formado pela razão social da empresa "Kupfer Asbest Co." Suas fábricas foram totalmente destruídas durante a Segunda Guerra Mundial. Com efeito, Heilbronn foi uma das cidades europeias mais arrasadas durante a Segunda Guerra e a empresa foi duramente atingida pelos bombardeios dos aliados.

Lanterna da Kako (Auto-Klemmlampe, em alemão).

Passada a guerra, a firma dedicou-se à fabricação de produtos elétricos e brinquedos. A produção de juntas reiniciou-se somente em 1948. A reconstrução total de seu parque fabril levou quase 10 (dez) anos, culminando em 1955. 

Acessório figurava nos catálogos oficiais da VW alemã.

Na década de 1950 fabricou uma lanterna de emergência para auxiliar a troca noturna de pneus, na realização de pequenos reparos, ou mesmo para iluminar o porta-malas ou outro ponto do veículo em lugares escuros. Essa lanterna era um acessório oficial da VW alemã, figurando em catálogos oficiais da época. 

Lanterna da Kaco na caixa VW.

A lanterna da Kaco era fabricada em metal, tendo o nome "Kaco" gravado na peça. Funcionava como um prendedor de roupa, podendo ser fixado em qualquer ponto da carroceria do veículo que tivesse uma pequena borda, tais como os para-lamas, capô dianteiro, tampa do motor, para-choque e vidros das janelas laterais. No ponto de contato com a carroceria, havia pequenas sapatas de borracha que protegiam a pintura. Além disso, o soquete da lâmpada era articulável, o que permitia direcionar a luz para o ponto desejado.

Inscrição "Kaco" no produto identifica o fabricante.

As primeiras lanternas  feitas pela empresa tinham a fiação coberta por pano, posteriormente substituído pelo PVC. Aliás, a fiação era generosa no comprimento, alcançando todos os pontos do veículo. 

Kaco fixado na tampa do motor.

Para acender a lâmpada, era necessário que o veículo tivesse uma tomada de força, que podia ser instalada em qualquer lugar do veículo, ao gosto do proprietário. Todavia, era geralmente acomodada sob o painel do Fusca. Importante frisar que os plugs mais antigos possuíam um encaixe diferente dos atuais acendedores de cigarro, conforme pode ser visto na imagem abaixo.

Antigo plug.

Curiosamente, a Kaco foi adquirida pela brasileira Sabó em 1993, o que a conecta com o Brasil de forma mais próxima do que imaginamos.

Um comentário:

  1. Muito bacana esse acessório, mais um que eu não conhecia. Esse blog é ESPETACULAR.

    ResponderExcluir